11 comentários em “Chaves no século XXI # 3

  1. Will, se a Dona Florinda é viúva de Matalascayano(nome do falecido marido) então o nome do Kiko não seria Frederico Corcuera y Vidialpango de Matalascayano? Ou não se usa mais o último nome, nesse caso, ficaria somente Frederico Corcuera y Vidialpango? O nome morreu com o pai?

    Agora fiquei na dúvida. Será que tem essas informações no cartório do México?

  2. O problema do chaves no séc XXI é que possivelmente ele estaria viciado em pedrinhas de crack ao invés de sanduíches de presunto!
    Kiko estaria desfilando de carro rebaixado curtindo funk no volume máximo, e a Chiquinha vivendo de bolsa e de pensão dos seus 5 filhos de pais diferentes – 1 deles seria do Kiko, “feito pelo Chaves” , mas do Kiko… – e outro do Nonho pra garantir onde morar!

    1. Sim! Haha Precisei dar uma fuçada boa na net… pra lembrar a princípio o sobrenome da Dona Florinda (eu sabia que tinha um episódio que ela falava seu nome completo) Aí, deduzi que o Kiko teria o mesmo sobrenome rsrs

  3. Wiil, impressionante como você retratou de forma tão fiel o Festival da Boa Vizinhança, com o Seu Fileira lá na barriga da frente… Ops! Com o Seu Barriga lá na fileira da frente… A Bruxa do.. Err… a Dona Clotilde ao lado dele… e a Dona Florinda lá na fileira do fundo, enquanto o Kiko tenta pela milésima vez recitar “mamãe querida”…
    Você se superou nessa!!

    https://www.youtube.com/watch?v=-s4IJZ8lvJc

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *